20 de setembro de 2010

Nutrientes e atividade física

Em situações normais, nenhum nutriente deve ser excluído ou restringido na alimentação e, quando se pratica alguma atividade física, principalmente de alto nível, a atenção com a alimentação deve ser ainda maior, pois cada nutriente tem seu papel no nosso organismo.
Para praticantes de atividade física, o carboidrato é fundamental para a otimização dos estoques de glicogênio muscular (a fonte de energia deste tecido) e para a manutenção do nível de glicose na circulação.
As proteínas estão relacionadas ao reparo e crescimento muscular, mas também podem ser utilizadas como fonte de energia (principalmente se não houver oferta adequada de carboidratos).
Os lipídeos ou gorduras servem como fonte de energia, participam da síntese de hormônios e auxiliam na resposta inflamatória do organismo.
As vitaminas e minerais são fundamentais para o metabolismo energético; para a contração, reparação e crescimento muscular; além de sua ação antioxidante e do auxilio ao correto funcionamento do sistema imune.
Uma dieta balanceada pode trazer muitos benefícios para quem pratica exercícios físicos como: a manutenção da performance, da composição corporal e da saúde. Como já foi dito, cada nutriente desempenha seu papel no nosso organismo e deve ser consumido em quantidades adequadas e para auxiliar nas escolhas alimentares das pessoas, não há ninguém melhor que um nutricionista, que pode elaborar um plano alimentar que atenda as necessidades de cada um.

Nenhum comentário:

Postar um comentário